Pesquisar este blog

Carregando...
Loading...

terça-feira, 24 de maio de 2016

BIODANZA EM ENTREVISTA, CONFIRA


https://youtu.be/qpoWttTVauw
Confira entrevista de GP sobre a Biodanza e seus benefícios, divulgue.
EXPERIMENTAL GRATUITA EM JUNHO dias 21 e 28 (3a.f) as 18:30 às 21:00 - Rua Tupis 185 s 902 - Centro - BH mediante confirmação da presença pelo whastsap92063808 e email parreiragisele@yahoo.com.br
Não precisa saber dançar, roupa confortável, grupo misto e maior de 18 anos.
Venha conhecer e fazer parte desse universo amoroso, para homens e mulheres que desejam saúde integral, uma vida mais plena, relações mais prazeirosas e autênticas e mais, efeitos terapeuticos abrangentes e profundos.
saiba mais: www.biodanzagp.com.br

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

O CORPO É SÁBIO, O HABITAMOS MUITO TEMPO ANTES DO RACIOCÍNIO E LINGUAGEM


O CORPO É SÁBIO, O HABITAMOS MUITO  TEMPO ANTES DO RACIOCÍNIO E  LINGUAGEM

DESPERTAR O PODER DA CORPOREIDADE MUSICAL  E ACORDAR A NATUREZA DA VIDA.

BIODANZA um caminho... muitas possibilidades

 

Há quem diga que alma que anima o corpo. Imaginemos que seja o contrário, o corpo que anima a alma, que conduz à vida concreta. Não há nada que venha a nós ou de nós, que não perpasse pelo corpo. 

Nossa cultura vigente exige que tenhamos um corpo escultural, como se o corpo fosse de mármore. O corpo nos protege, contém, apoia, alimenta,  atiça nosso interior, é um repositório para as recordações, sensações, supremo alimento da psique.

As sensações, impulsos, sentimentos, desejos, o peso, a forma, altura, leveza, elevação, movimentos interiores impregnam nosso existir, para provar que estamos vivos, que estamos aqui, ligados à terra. O corpo é lançador de foguetes, o detonador das experiências, sem ele, não haveria a sensação de entrada em algo novo, transformador e numinoso e transcendemos deslumbrados, contemplando a misteriosa noite estrelar. O corpo é um acelerador de processos metabólicos uns nos outros, quando olhando o corpo do outro com desejo, desencadeia uma neuroquímica no desejante e no desejado.

O corpo tem uma beleza,  um poder, uma sacralidade intrínseca quando é animado de dentro para fora, mas ignoramos toda essa graça, pelo poder cultural, que expulsou a corporeidade com torturas, vergonha, crenças, pecados, tabus contra a própria carne, especialmente às mulheres.

Precisamos despertar a psique selvagem, primitiva, instintiva, para compreender o corpo por seus próprios méritos, seu valor intrínseco, sua sacralidade, sua graça, sua beleza, sua dança graciosa e cheia de vida, sensualidade, exuberância, seu olhar, seu caminhar, seus gestos e seu sorriso aberto.

As críticas destrutivas e desdenhosas a respeito do corpo de uma mulher, privam-na de diversos tesouros psicológicos e espirituais preciosos e de vital importância, como o orgulho do próprio corpo, aprendeu a rejeitar a herança física e sua identidade corporal feminina, detestando o próprio corpo como poderá amar ?

Num mundo instintual, é inconcebível que uma mulher viva absorta com o jeito de sua aparência, cumprindo um mandado cultural. A mulher anseia por ser tratada com respeito, anseia ser aceita, por ser vista sem preconceitos, faminta e gritando para sair, quer terminar com as projeções desrespeitosas que outros lançam sobre seu corpo, seu rosto, sua idade e ela própria.

Resgatar a alegria do próprio corpo, numa dinâmica amorosa de aceitação, acolhimento, os estados de excitação, percepção e experiências sensoriais, ouvir música, a voz, sentir um perfume, uma carícia nos permitindo ver em profundidade o mundo e dar significados. O Self não precisa mover montanhas para se transformar, um pouco basta, a dança, a leveza, o toque. Balançar, gingar, movimentar, dançar cada gesto, pulsar do coração,  o corpo  é como um planeta, como a terra por si só,  o poder de ser e estar vivo, aqui e agora.

A Biodanza nos brinda com danças arquetípicas, danças inspiradas nos ritmos da vida, convidando perceber o próprio corpo iluminado pela graça de existir, de ser si mesmo e continuar sendo cada vez mais pleno.  By GP

 

 

CORPOREIDADE CORPOREIDADE MUSICAL COMO VIA DE ACESSO AO INCONSCIENTE


CORPOREIDADE MUSICAL COMO VIA DE ACESSO AO INCONSCIENTE
BIODANZA um caminho... muitas possibilidades


 


O corpo possuí uma memória na pele, muscular, em forma de sensações propioceptivas e exteroceptivas, desde as primitivas, essencialmente na pele e nos músculos.  Nossa corporeidade  guarda a memória de todas as situações e experiências vividas que  permanecem irrepresentáveis e consequentemente inacessíveis à linguagem.

 

Freud afirmou que os sonhos sao a via régia de acesso ao inconsciente, assim como as associações livres, mas existe outra via de acesso ao inconsciente arcaico e somente via a corporeidade pode acessar o campo sensorial e trazer o material inconsciente.

 

A Biodanza integra e reorganiza a unidade psico-emocional-física a partir da mobilização da memoria corporal que conta sua história, por meio de sensações, vivências ligadas às experiências priveras da vida, linkadas por meio das sensações, sentimentos, imagens, conceitos, pensamentos, essência da reconstrução da memória, podendo desativar nucleos patológicos repetitivos, restaurando um estado de saúde natural com a integração dos 3 corpos, físico, sensorial e emocional em interação constante na comunicação e inter-alimentação, o corpo e as sensações são as raízes do psíquismo e a via mais direta para restaurar um estado de saúde.


Em cada sessão as vivencias corporais, sensoriais e emocionais estimuladas pelo ambiente enriquecido pelo grupo, situações de encontro, consigo mesmo, com o outro, movimentos plenos de significados, a música, surgem como fragmentos que unidos, oportuniza a reitegração do sujeito e sua história, reforçando sua identidade, sentimento de valor e segurança interior, enquanto, gradualmente situação traumática se transformam em pensamentos que renomeados reverte-se em lembrança, voltando a fazer parte da hisória da pessoa sem a carga emocional destrutiva repetitiva de antes.

 

A Biodanza estruturada em grupo, com função de útero social, lugar de ser si mesmo e continuar sendo, reparentalizando a maternagem primeira via a presença plena, manifesta pelo acolhimento, aceitação, afetividade que nutre e promove uma ambiência confiável e contenedora, restaurando a confiança na vida, em relações mais plenas, humanizadoras e afetivas, restabelecendo e fortalecendo a capacidade de vincular-se com outras pessoas, ampliando as relações interpessoais e sociais, descortinando-se novos horizontes.

 

Em Belo Horizonte, as sessões de biodanza são conduzidas por Gisele Parreira psicanalista didata e em Biodanza com diversas especializações, com experiência clinica e em grupos de desenvolvimento humano, acontecem em forma de grupo regular 1 vez por semana, em dia e horário fixo, com duração de 02 (duas) horas e meia, o participante usa roupa confortável para movimentar-se, descalço, despojado e disponível para vivênciar. Há também, os trabalhos intensivos de fim de semana, como aprofundamentos e extensões da Biodanza, como o Minotauro que trabalha os medos e traumas, a Arvore dos Desejos que removem os obstáculos e mobiliza condições para a realização dos desejos, a Biodanza Aquática que aprofunda vivências ocêanicas.

 

Os Locais na Capital mineira, um no centro na rua Tupis, 185 s 902 – todas as 3afs. Das 18:30 as 21:00 – e no Bairro Cachoeirinha na Rua Ana Paula, 442 todas as 2ª.feiras das 19:00 as 21:30. Informações pelo email: parreiragisele@yahoo.com.br – site: www.biodanzagp.com.br  e telefone (31) 9206-3898.

 

 

 

 

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Biodanza para que ?


Biodanza para que ?
Viva com ímpeto, alegria, afeto, e coragem para ser você mesmo e continuar sendo todos os dias, cada vez melhor e mais pleno.


Eu preciso de praticar Biodanza ? É isso mesmo, tudo tem dois lados. Hoje estou aqui para alertar aqueles que pensam em praticar Biodanza com seriedade, ou que começaram a praticar há pouco tempo, dos riscos que estão correndo. Leiam com atenção e tirem suas próprias conclusões sobre se isso é algo que você pretende continuar a fazer ou não. A escolha é somente sua.

Você começa a enxergar a vida de outra forma. Uma forma mais relaxada, consciente e muito mais feliz. “A Biodanza é uma proposta para entrar em contato profundo com a vida. Isso significa adquirir autonomia, autoestima, segurança, vitalidade e saúde; poder expressar suas emoções e saber transformar a realidade em oportunidade.” GP. E isso, aos olhos das outras pessoas, faz com que você talvez pareça um louco. Essa história de efeitos terapêuticos, alegria de viver, gratidão, consciência, vida com mais vida, afetividade, ser parte do todo… O Criador do sistema, *Rolando Toro deu continuidade ao anseio de Carl Gustav Jung (1875-1961) que desejava que o trabalho analítico desaguasse na corporeidade. Revisitando Donald Woods Winnicott (1896-1971), Rolando Toro aprimorou o processo de amadurecimento e a ética do cuidado humano arraigado na prática vivencial da Biodanza. A arquitetura da Biodanza é fundamentada no princípio Biocêntrico no qual Universo é um holograma vivo. Esse princípio se propõe a orientar os relacionamentos sociais e educacionais para a criação de uma estrutura psíquica capaz de estimular como centro e ponto de partida os comportamentos humanos. Você vai virar um peixe fora d’água. É sério, estou falando isso pro seu bem. E o pior é que você entende porque as pessoas não te entendem. E isso, ao invés de melhorar, só piora a situação, pois te torna ainda mais estranho aos olhos dos outros.


Você naturalmente passa a fazer escolhas mais saudáveis, porque começa a perceber com clareza quais são aqueles hábitos que fazem bem e aqueles que fazem mal. Você começara a ser e ter um estilo biocêntrico, onde a vida passa a ser o centro e não mais você, tudo para cuidar, sustentar e promover a vida passara ser sua prioridade. “A Biodanza é um importante instrumento para desenvolver os potenciais genéticos adormecidos no ser humano e pelo processo cultural que desperta o indivíduo para a realização de seu maior objetivo: viver e ser feliz. Evidente que falar em Biodanza é sempre limitante por ter esse sistema privilegiado à experiência vivencial, onde o sentir traz uma intensificação e significação pessoal na expressão da dança de cada pessoa, a coloca face a face consigo mesma. Onde não mais há a fala (às vezes, ela nos desvia), há um sentir num fluxo e refluxo de si mesmo, aflorando do seu interno para o externo, deparando-se com sua “verdade pessoal”, com seu sentir, com sua experimentação íntima, numa inversão de percepção da realidade, quase sempre, observada do seu exterior. Assim, a vivência é impactante e transformadora. ” Você não vai mais curtir exageros, porque cuidar da sua saúde passará a ser prioridade. Aquela cervejinha de todo fim de semana até altas horas talvez não soe mais tão atraente. Aquela festa de camisa, aquele churrasco de família então… Pode ter certeza de que se você for, vão ficar falando sobre o quanto você está diferente, e se não for, certamente será a pauta do dia. Terá que se acostumar a isso!


Você vai ficando mais forte e flexível, tanto física quanto mentalmente e emocionalmente, e uma vez que se conquista isso, é muito difícil voltar atrás. Podemos escolher recuar em direção à segurança ou avançar em direção ao crescimento. A opção pelo crescimento tem de ser feita repetidas vezes e não há volta. Então, eu lhes digo, muito cuidado ao entrar nesse caminho. Segundo “Mestre do Afeto” Rolando Toro :“ A base conceitual da Biodanza provem de uma meditação sobre a vida, ou talvez da desesperança, do desejo de renascer dos nossos gestos despedaçados, de nossa vazia e estéril estrutura de repressão. Poderíamos dizer com certezas, de nossa nostalgia de amor.”“Biodanza, mais que uma ciência, é uma poética do encontro humano, uma nova sensibilidade frente à existência. Sua metodologia promove uma sutil participação no processo evolutivo.” “Dança, Amor e Vida são termos que aludem ao fenômeno da Unicidade cósmica. O núcleo criador da cultura do terceiro milênio está por nascer com a restituição da sacralidade da vida.” As pessoas vão falar sobre isso, sobre o quanto você anda “metido”, só porque a sua auto estima está lá em cima e tem energia de sobra, mesmo que não fique se exibindo por isso.
Você começa a perceber que precisa de cada vez menos pra viver, e por isso, passa a buscar uma vida cada vez mais prática, simples e prazeirosa. Buscar um significado especial para nossas vidas não é tarefa fácil e para tanto é necessário ampliar o autoconhecimento para aflorar um sentimento profundo, abrangente e criativo, acompanhado de entusiasmo e de possibilidades a respeito de si próprio.


Isso é perigoso, porque não movimenta a economia, não é bom para o país… Talvez o governo resolva ir atrás de você, pra saber se está fazendo algo ilegal. Talvez você receba ligações do banco, porque o seu padrão de consumo está mudando (para menos). Ter que lidar com tudo isso pode ser realmente muito chato, afinal, como é que você vai se defender? “Não, sr. Fulano, eu estou bem sim, só estou mudando minhas prioridades, sabe, percebi que não preciso de tudo o que eu gastava antes pra viver…” Oi? Não precisa gastar tanto pra viver? Em que mundo você vive?


Você se torna uma pessoa mais amorosa, plena e feliz. É, amigos, talvez esse seja o motivo principal, quando a gente se sente realizado, pleno, a gente fica bem consigo mesmo, não enche o saco de ninguém, gente feliz não perturba e nem incomoda mais. Na BIODANZA, os movimentos corporais, as cerimônias dos encontros capazes de produzir homeostasia orgânica, afetiva, motora e existencial, contribuindo para o bem estar do ser humano nos níveis imunológico, endócrino e neurológico, contemplando também a visão e o caráter holístico do sistema, onde corpo mente e espírito constitui um todo inseparável na manifestação da vida.Isso prejudica a vida social, simplesmente porque quando você estiver em um grupo onde as pessoas estejam mau humoradas e/ou reclamando da vida, você não vai ter assunto, ou então vai ficar tentando mostrar pra elas o lado bom das coisas, e isso pode deixa-las extremanente irritadas. Conheço pessoas que tiveram sérios problemas de bullying por causa disso… Só porque eram otimistas demais ou porque simplesmente não conseguiam ficar de mau humor, expressando sua profunda paz e alegria de viver, independentemente dos acontecimentos externos.

Entre os benefícios da Biodanza (não é preciso saber dançar, tampouco experiência anterior), encontramos a possibilidade das pessoas se conhecerem melhor, se aceitarem, ficarem desinibidas e felizes. Esses benefícios contribuem para a ampliação do autoconhecimento e da autoestima, minimizando os medos de colocar limites, de explicitar desejos, de expressar anseios, de olhar nos olhos do outro, de tocar, de ser tocado e de se aproximar, dentre outros. Dança, música e contato em grupo atuam no corpo e na mente. Os encontros, denominados de sessões, são realizados em local seguro. Um clima de mútua confiança é propiciado pela presença suave, terna, receptiva e disponível dos participantes o que permite a cada um conectar-se cada vez mais profundamente com a sua própria identidade.

Pois é, então se você não quer ser essa pessoa, esqueça esse negócio de Biodanza, porque isso não é pra você. Fuja do princípio biocêntrico, das rodas calorosas e afetivas, das almofadas. Quando ouvir alguém cantarolando “Viver e não ter a vergonha de ser feliz “ do Gonzaguinha, tape os ouvidos e saia correndo. Estou avisando, esse é um caminho sem volta. Depois não diga que não lhe avisei.
Autora Gisele Parreira, psicanalista, coah vivencial didata em Biodanza,
Saiba mais, leia:
www.biodanzagp.com.br / www.biodanzabhgp.blogspot.com
www.espaçoholosgp.blogspot.com /http://www.amapmg.com.br/
artigos:
Biodanza é Biocentrica: http://www.sinte.com.br/revistaterapiaholistica/arteterapia-estetica/arteterapia/311-biodanca#ixzz2mS4FUUdp)
Dançar ! Uma Poderosa Terapia Corporal: http://www.sinte.com.br/revistaterapiaholistica/arteterapia-estetica/secoes-arteterapia-artigos/arteterapia/361-dancateria.html

 

 

terça-feira, 12 de novembro de 2013

SAUDE INTEGRAL X DOENÇAS DA NOSSA CIVILIZAÇÃO

  1. Como dar à nossa existência um sentido coerente e potencialmente feliz ? R. Toro

    SAÚDE INTEGRAL X DOENÇAS DA CIVILIZAÇÃO
    Informações: parreiragisele@yahoo.com.br
    (31) 92063898 - Site. biodanzagp.com.br
    ...
    BIODANZA UM CAMINHO... MUITAS POSSIBILIDADES
    A saúde é um equilíbrio interno, num corpo espontâneo e a energia harmoniosa reencontradas e incorporadas na própria corporeidade, num corpo livre para si, afetivo e relacional.

    DOENÇAS DA CIVILIZAÇÃO

    Texto Rolando Toro , criador da Biodanza :

    "O homem nasceu com medo. Mas sua evolução é apenas para aumentar a sua percepção e consciência . Você tem que dar amor, dar amor e dar amor. E lá vem o amor de volta. Se você está esperando para ser amado e dar amor , nada acontece. A primeira coisa a fazer é aprender a viver . A linguagem é gestos arcaicos . Trata-se de um conjunto de matrizes evanescente arquétipo . Sorriso, por exemplo, é a mais antiga reflexão psicológica, surge em crianças em torno de três meses de vida ... as pessoas diferem no sorriso .... A pessoa que não está deprimido, sentem acarinhados. Estudos sobre a fixação provam isso, induzindo à repetição. Às vezes, eles pedem , mas como vou melhorar a minha vida dançando com estranhos ? No entanto, é uma oportunidade para a cura protegida. É muito difícil aprender a essência da vida espontaneamente porque a cultura dá parâmetros desumano : ganhar dinheiro , tenha cuidado no amor, seus projetos têm de ser mais pequenos e , em primeiro lugar você tem que ajudar a si mesmo ... você não pode ter projectos com base em ser uma ajuda para os outros. Finalmente, a existência é frustrada. O conceito de vitória , sucesso, é totalmente falso . E a resposta natural é o estresse, depressão, desgosto. Desvitalização. Apatia. Estas são doenças da civilização " .
    Ver mais

Como dar à nossa existência um sentido coerente e potencialmente feliz ? R. Toro

Como dar à nossa existência um sentido coerente e potencialmente feliz ? R. Toro

saiba: Informações: parreiragisele@yahoo.com.br
(31) 92063898 - Site. biodanzagp.com.br
...
A saúde é um equilíbrio interno, num corpo espontâneo e a energia harmoniosa reencontradas e incorporadas na própria corporeidade, num corpo livre para si,
afetivo e relacional. 


 


A biodança (do espanhol biodanza, neologismo do grego bio (vida) + dança, literalmente a dança da vida) é um sistema de integração afetiva e desenvolvimento humano baseado em “vivências” (experiências intensas no “aqui e agora”) criadas através de movimentos de dança com músicas selecionadas, e através de situações de encontro não-verbal dentro de um grupo, centradas no olhar e no toque físico.

O “Sistema Biodanza” foi criado nos anos 1960 pelo antropólogo e psicólogo chileno Rolando Toro Araneda e se encontra difundido em diversos países, incluindo países da América Latina, Europa, Canadá, Japão e África do Sul .

Utilizando fundamentos da Biologia, da Antropologia e da Psicologia, a biodança se define oficialmente como um sistema de integração afetiva, de renovação orgânica e de reaprendizagem das funções originais da vida.6 Apesar de produzir efeitos terapêuticos, a biodança não é uma terapia, um esporte ou uma simples dança. É uma pedagogia da arte de viver, uma poética do reencontro humano e um convite para que se crie uma nova cultura baseada no som da vida. Seus objetivos são a promoção da saúde, da consciência ética e da alegria de viver .

Nas intenções de Rolando Toro, a Biodanza se destina à integração do núcleo de identidade profunda do ser humano, com a conseqüente revelação da sensibilidade quanto à vida e suas manifestações, assim como uma auto-evolução no sentido ontológico do termo, através de um processo de transformação natural. Nas palavras do próprio Toro, a biodança é "um sistema que reintegra os seres humanos para viver a vida plenamente, com toda a sua intensidade. Temos pouco a pouco esquecido a importância de coisas tão fundamentais para conseguir uma vida feliz como respirar, caminhar, comunicar nossas emocões e sentimentos, compartilhar, amar... Como dizer, nos esquecemos de sentir. A Biodanza pretende despertar estas funcões inatas do ser humano que estão quase totalmente reprimidas em nossa civilização. Utilizamos uma metodologia simples e efetiva que facilita a conexão de cada um consigo mesmo (suas necessidades e desejos), com os semelhantes (amigos, familiares, companheiros...) e com o universo (o entorno imediato e mais além). Porque é indispensável que esses três níveis de comunicação estejam integrados".

Rudolf Steiner, educador e filósofo alemão, comparou a doença física a um piano desafinado. Imagine, portanto, o que temos a ganhar usando os sons para criar um instrumento de afinação que nos permita sermos ao mesmo tempo agentes e receptores da cura.

A interação e o equilíbrio necessários para fazer música agem como um reflexo da interação harmoniosa entre os sistemas nervoso, endócrino e imunológico num corpo sadio. Os xamãs sabem disso há séculos. Nós talvez estejamos começando a aprender a lição.
 

domingo, 20 de outubro de 2013

Terapias corporais surgem como uma demanda do sec XXI, tais como Biodanza sistema Rolando Toro, Morfoanalítica, venha logo

 
Se insisto, se persisto é por amor ao belissimo trabalho/missão proposto pela Biodanza um Universo de amor e alegria de viver. Gratidão.
Recado dado, se voce sente que precisa ajuda, se permita, dê o primeiro passo, há coisas que somente v...ocê pode fazer, porque ninguém mais, poderá fazê-lo !
As Terapias corporais englobando o Ser integral, surgem como uma demanda do sec XXI, tais como Biodanza sistema Rolando Toro, Morfoanalítica de /Serge Pyerot - vale conferir. abracos e seja bem vindos.

Caras pessoas,

que você esteja “desperto” quanto à sua preciosidade para si, para os seus e para o planeta, você é muito importante e o mundo precisa de você, com seus dons e talentos prontos para a doação, a Biodanza pode ser um caminho com muitas possibilidades de lhe permitir acessar todos os seus potenciais. Caso você deseje, ajudar alguém encaminhe nosso folder amorosamente, gratidão.

 Informações:

Segue ai, nosso folder anexo, abaixo Segue descrição sucinta logo abaixo, extraída do google, bem explicativa.  Indicamos ainda nosso site www.biodanzapg.com.br  e blog. www.biodanzabhgp.blogspot.com, www.espacoholosgp.blogspot.com, visite, conheça, depois nos conte o que achou.. Também temos alguns vídeos no youtube, pesquise: Biodanza gisele parreira – existem milhares de vídeos sobre o assunto de diversas partes do mundo.

Convite:

Vamos B i o d a n z a r ?  Vivenciar, experimentar, conhecer, revisitar se já conhece, e surpreender-se ? Concluindo por si mesmo, seu melhor mestre é você próprio e fazendo escolha por si.

Locais e dias dos grupos semanais:

Centro toda 4a.feira 18:30 – Rua Ana Paula, 442 B. Cachoeirinha - Toda 2a.feira – 19:00/21:30.
Vamos deixar de focar lá atraz, as faltas, queixas, para olhar o "agora", "o que temos", tomar as rédeas, com delicada leveza, buscar dentro de si mesmo, novas possibilidades. Nova alquimia para vida. Um caminho ... muitas possibilidades. confirme presença: e-mail: parreiragisele@yahoo.com.br

 Investimento:

Valor da aula experimental R$ 30,00 descalço e roupa confortável – não precisa saber dançar é de dentro para fora.  Após conhecer e vivenciar, querendo participar, solicite-nos a sua ficha para inscrição.  O investimento é R$120,00 de matrícula, R$ 180,00 de mensalidade por enquanto, reajuste nov/13, onde cada sessão de 2 horas e meia tem custo de R$ 45,00, aula avulsa  R$ 60,00 -  (é a Biodanza umas das mais acessíveis, um poderoso sistema de reeducação para a arte de viver e com profundos efeitos terapêuticos)

 Reportagens sobre a biodanza Revista terapia Holística:

Além disso, indicamos 2 artigos sobre Biodanza escrito por Amim Haddad publicado na revista terapia holística, onde você poderá desfrutar ainda melhor. Querendo nos diga o que achou sobre essas reportagens, sua opnião é muito importante para nós.




Considerações destacadas extraídas do Dr. Serge Peyrot Morfoanalise e que comungam com nossas bases:

“O corpo toma a forma do que somos. Ele contém nossa história. E por meio dele temos a oportunidade de nos re-conhecer, expressar, comunicar e relacionar.

Quando a dor do Ser não encontra palavras para expressar-se, fala por meio do corpo. Quando as palavras se apoiam e se organizam em um corpo que sente, a dor pode ser vivida, compreendida e reparada.

Estar presente conscientemente no lugar do próprio corpo é estar em contato com a vida que circula nele: o prazer, a dor, a alegria e a transformação.”

 Para a Biodanza tocar alguém é tocar um Ser sagrado intrinsecamente, pois, ser tocado evoca a memória afetiva arcaica. Assim o grupo em Biodanza é o lugar de confiança, de estar como estivermos, um útero social, onde podemos ser nós mesmos, e poder continuar a ser.

 Winnicott nos traz importante contribuição sobre o bebe e suas relações com o mundo, e a Biodanza faz esse holding em nossas vidas. Quando um bebé é bem cuidado, bem tocado e recebe os cuidados corporais adequados, ele se sente um Ser de Valor.  A vivência corpórea torna a consciência do instante, da vibração, do toque e da carícia.  É o corpo subjetivo que cada um se representa internamente, o que chamamos de imagem corporal, mesmo que difira do corpo real.

 O inconsciente está no corpo que reflete nossa vida interior. O corpo sensorial, proprioceptivo, base do esquema corporal, sob a influência do corpo real (a postura) e do corpo emocional/psicoafetivo. E o Ser humano necessita se auto conhecer, encontra-se consigo mesmo, vincular-se consigo mesmo, pois tudo principia na própria pessoa.  Podendo estender-se para o outro e para os outros e para todo seu entorno, numa harmoniosa ecologia iniciada de dentro para fora.

 Para isso, o ser humano necessita desbloquear o corpo sensitivo, o físico, afetivo e relacional, integrar seu pensar, seu sentir e seu fazer no mundo numa unidade coerente, onde a autenticidade e transparência surge como algo espontâneo e natural, alcançando potenciais genéticos, as vezes, antes adormecidos, e renascendo um novo Ser livre para se expressar no mundo, com potência, alegria e integridade.

 Não se esqueça de quem é e do que realmente precisa, para que não acabe sendo corrompido pelas facilidades e conveniências do momento, com o preço de destruir todas as possibilidades de ser feliz e estar em paz.

 Nos guiamos em nosso trabalho na Biodanza que possibilidade nossa corporeidade sensitiva e musical, pela análise constante da relação transferencial e contratransferencial e das manifestações do inconsciente, corporais, emocionais, energéticos, sensuais e socioculturais. E nos colocamos à disposição para o universo e para àqueles que escolherem caminhar conosco em nosso eterno aprendizado. Namasté. GP

 Resumo extraído do google:

A biodança (do espanhol biodanza, neologismo do grego bio (vida) + dança, literalmente a dança da vida) é um sistema de integração afetiva e desenvolvimento humano baseado em “vivências” (experiências intensas no “aqui e agora”) criadas através de movimentos de dança com músicas selecionadas, e através de situações de encontro não-verbal dentro de um grupo, centradas no olhar e no toque físico.

O “Sistema Biodanza” foi criado nos anos 1960 pelo antropólogo e psicólogo chileno Rolando Toro Araneda e se encontra difundido em diversos países, incluindo países da América Latina, Europa, Canadá, Japão e África do Sul .

 Utilizando fundamentos da Biologia, da Antropologia e da Psicologia, a biodança se define oficialmente como um sistema de integração afetiva, de renovação orgânica e de reaprendizagem das funções originais da vida. Apesar de produzir efeitos terapêuticos, a biodança não é uma terapia, um esporte ou uma simples dança. É uma pedagogia da arte de viver, uma poética do reencontro humano e um convite para que se crie uma nova cultura baseada no som da vida. Seus objetivos são a promoção da saúde, da consciência ética e da alegria de viver .

Seus objetivos são a promoção da saúde, da consciência ética e da alegria de viver .

As cinco linhas vivenciais  da biodança são:

vitalidade – vista como fonte e expansão da energia vital profunda e do impulso existencial;

sexualidade – vista amplamente como o desenvolvimento do contato sensível e progressivo natural;

criatividade – vista como o desenvolvimento da capacidade de renovação do ser e de renascimento interior;

afetividade – tratada como pesquisa e obtenção da nutrição emocional oriunda da expressão afetiva espontânea, com os outros e por extensão com a natureza;

transcendência – segundo a evolução da consciência e o desenvolvimento da consciência como ser participante e integrante da harmonia cósmica.

A biodança não surgiu como uma seita de matriz ideológica nem como um movimento de tendência religiosa. De todo modo, não se descarta uma abordagem que busque ao sagrado, embora para a biodança e seus adeptos seja absurda a separação entre o sagrado e o profano, operada por diversas religiões. A Biodanza se baseia na ciência biológicas, na antropologia, na mitologia, na musica, e na psicologia humanista.

Quem sou eu:

Meu nome Gisele Parreira, Coaching Vivencial,  sou Psicanalista e didata, tb em Biodanza com especialização em Projeto Minotauro, Árvore dos Desejos, Biodanza Clínica, Biodanza Aquática, Projeto Evolução com experiência com grupos de desenvolvimento humano há mais de 18 anos, disponível para todo ser que deseja encontrar-se e tenha escolhido caminharmos juntos, pelo que sou gratidão, namasté.